Ativistas dos direitos animais realizam melhorias em canil do Projeto Pro-Animal

Durante parte da manhã e tarde do sábado do dia 30 de maio de 2011, ativistas dos direitos animais do Projeto Pro-Animal realizaram tarefas buscando a melhoria e ampliação do canil da entidade.

Remover madeiras em estágio de apodrecimento que antes serviam de diversão para os cães, roçar e capinar, extrair raízes, limpar o terreno, cavar buracos, carregar mourões de concreto e “plantá-los” no solo, lidar com cuidado com pregos enferrujados, aranhas, marimbondos e minhocas fizeram parte do repertório daqueles momentos.

No pacote, a companhia constante de muitos indivíduos maravilhosos, os cães (eles e elas, numa definição somente biológica, uma vez que não precisam das segregações toscas que estigmatizam o uso de um corpo para o que der e vier) cada qual com uma personalidade muito própria. Alguns carentes demais, outros debochados e alegres, os tímidos, assustados, reservados, inconstantes, enigmáticos, destemperados, misteriosos, ameaçadores, simpáticos e adjetivos não faltam para apenas tentar classificar esses inclassificáveis colegas que deram um colorido muito especial o tempo todo. Somos gratos e abençoados pela rica companhia! Não tenho dúvidas que esses “caninos” fazem dessas limitadas palavras o sentimento deles.

O trabalho foi duro e com um clima muito bacana de brincadeiras, piadas, conversas filosóficas, enfim, gratificante em todos os sentidos. Altamente recomendável para o corpo e para a alma!

Alternando entre o canil e a cozinha, Ursula sinaliza a chegada de mais um momento precioso. Na mesa posta, o Imam Bayildi, prato tradicional da cozinha turca, tipicamente vegetariano e que foi elaborado sem qualquer ingrediente de origem animal. A delícia é preparada com beringelas, tomates, cebolas, especiarias e temperos saborosamente marcantes. Tudo vai ao forno. Completamos a composição da refeição com Fusilli com vegetais (massa curta em formato de parafuso) e salada de tomates. Para arrematar, leite de amendoim, salada de frutas e, feitas com o substrato do leite de amendoim, azeite de oliva, farinha de trigo integral e açúcar mascavo, as broas de amendoim! Deu água na boca? Na nossa ainda dá, só de lembrar. Que bom que ainda tem muito trabalho pela frente, e as delícias, quem vai saber o que nos espera?! Afinal, foi tudo delicioso e continuará sendo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: